É dos principais produtos de exportação de Moçambique. Na campanha passada, o país produziu 184 mil toneladas de algodão caroço e cerca de 70 mil de fibra.
 
Pela fibra, conseguiu receitas no valor de 110 milhões de dólares americanos e, pela semente, 15 milhões.
 
A de 2011/2012 foi considerada recorde; a melhor campanha de algodão de sempre no país, como faz questão de salientar Norberto Mahalambe, Director do Instituto do Algodão de Moçambique.
 

Foi realizada, no passado dia 16 de Maio 2013, em Dondo (província de Sofala), a reunião anual relativa ao Preço.

Veja de seguida as fotos do evento. Clique em qualquer foto para ampliar.

Duas mega-indústrias de descaroçamento de algodão serão construídas ainda este ano no distrito de Marínguè e na cidade da Beira, em Sofala.

Trata-se de empreendimentos de investidores estrangeiros, designadamente da China e Singapura, cujas previsões apontam poderem empregar cerca de mil pessoas e ainda absorver todo algodão produzido no país.

Páginas